Sua Dieta Não Está Dando Resultados? Conheça Os Motivos

dieta

As primeiras semanas da dieta são tranquilas e até rendem uma queda significativa do ponteiro da balança. Você segue um cardápio com poucas calorias, baseando-se nas dicas mais populares para ter sucesso no emagrecimento.

Mas, o problema aparece quando, depois de um período de determinação, o pique para dar continuidade à reeducação alimentar some.

Se você está passando por isso não precisa desanimar, muito menos se culpar. Você pode estar confundindo erros com acertos. Então, o resultado é a desistência do projeto de emagrecimento e de alimentação saudável vem à tona.

Sob o olhar da nutrição funcional, cada indivíduo tem necessidades alimentares e metabolismos diferentes, ou seja: a dieta que funciona para um, não vai, necessariamente, funcionar para outro, é preciso avaliar características genéticas e bioquímicas individuais.

No entanto, algumas atitudes boicotam qualquer dieta. Existem diversos fatores que impedem o emagrecimento. Por isso, é necessário realizar uma mudança de hábitos e isso, com certeza, impactará na perda de peso.

O que não fazer em uma dieta

Existem vários pequenos erros que todos cometemos quando estamos em dietas. Os principais são:

Dietas muito restritivas

Nestas dietas desesperadas a pessoa perde principalmente água e músculos. Consequentemente, recuperar os quilinhos a mais é muito mais fácil.

Fazer jejum

Outro erro é pular refeições dificulta a perda de peso. O corpo armazena e gasta menos energia. Por isso, não deixe de comer. Equilibre o seu corpo consumindo alimentos regularmente.

Comer pouco durante o dia e se esbaldar à noite

Quanto mais fracionadas as refeições, o emagrecimento será mais harmônico. Por isso, o ideal é fazer de três a cinco refeições diárias.

Não fazer um plano equilibrado de alimentação

Mantenha na alimentação os macronutrientes, como fontes de proteína magra, carboidratos, cereais e alimentos integrais (arroz, massas), legumes, frutas. Por isso, é importante também observar a diversidade e os nutrientes dos alimentos para uma dieta eficaz. Nada de refeições com pouca variedade, como as com apenas tomate, alface e carne.

Não fazer exercícios e não mudar hábitos

A dieta tem que ser casada com qualidade de vida, exercícios e um plano equilibrado de alimentação.

Culpa nas escorregadas

Este sentimento não faz bem para quem está de dieta. Mais: em um regime, é preciso também ser flexível, não se tratar de forma rígida. Escorregou, tudo bem. Então, da próxima vez, faça escolhas mais eficientes na alimentação e exercícios.

Dietas da moda

Estas dietas são prejudiciais a longo prazo, já que podem causar o tão temido “efeito sanfona”, que dificulta o emagrecimento pela volta aos velhos hábitos assim que se perde peso.

O que fazer

Organização

Organizar melhor o dia. Fazer 5 a 6 refeições: desjejum, colação, almoço, lanche, jantar e ceia.

Variedade

Associar nas refeições (Lanche, Jantar e Ceia) a ingestão de carboidratos e proteínas promovendo absorção mais lenta, a proteína também é o nutriente que promove maior saciedade.

Serotonina

Ingerir alimentos que estimulam a produção de Serotonina, responsável pela sensação de bem estar, otimismo, prazer. Regula o sono, o humor e a capacidade de aprendizagem. Indivíduos com depressão apresentam, geralmente, baixos níveis deste neurotransmissor. Baixos níveis de serotonina estão relacionados à maior vontade de comer doces e carboidratos.

Melhorar a ansiedade

Reduzir alimentos que aumentam a ansiedade, evite cafeína à noite: café, mate, chá verde, refrigerantes. São estimulantes podendo afetar o sono, causando ansiedade e aumentando as chances de comer.

O jantar é importante

Exemplo de combinações de alimentos que podem ser utilizados no jantar: mingau de aveia; Iogurte magro com fruta; shake proteico (whey protein,proteína soja ou arroz) batido com fruta, torradas integrais com queijo magro.

dieta

Prefira os integrais

Dar preferência a alimentos integrais, contém maior quantidade de fibras, promovendo maior saciedade

Coma verduras e legumes

Iniciar as grandes refeições com uma boa salada, comer lentamente e em ambiente tranquilo. Para as saladas entrarem em cena como aliadas do emagrecimento, consuma variados tipos de folhas regadas com um fio de azeite e uma pitada de sal. Como antecedente da refeição principal, elas fazem você chegar com menos fome ao prato quente.

Troque sucos e refrigerantes diet ou light por naturais

Os sucos naturais, apesar de mais calóricos, são riquíssimos em nutrientes importantes para o organismo, como vitaminas, minerais e carboidratos. Além disso, as calorias são fundamentais até mesmo para quem quer emagrecer , surpreende a especialista. A quantidade calórica adequada às suas necessidades é a chave da eliminação de peso sem comprometimento da saúde.

Não se cobre tanto

Emagrecer é um processo não-linear. Se você emagreceu 300 gramas em um dia, não quer dizer que os dias seguintes seguirão a mesma quantidade. O emagrecimento passa por altos e baixos e até mesmo por períodos em que o ponteiro da balança não aponta sequer um grama a menos.

Não suba na balança mais que uma vez por semana. Se você não estiver muito seguro sobre a reeducação alimentar, pesar-se frequentemente pode gerar frustrações, sendo mais um atalho para a desistência do objetivo , completa.

Quando o ponteiro da balança teima em ficar estático lembre-se que isso faz parte de um processo natural. Também é válido rever seu comportamento nos últimos dias, checando se a estagnação não é por causa de algum deslize seu.

Quer mais dicas sobre como emagrecer com saúde? Então entre para a nossa lista VIP clicando no link abaixo.