Conheça os Alimentos Que Ajudam a Melhorar a Memória

A perda de memória pode começar repentinamente ou começar lentamente. Pode afetar a sua capacidade de se lembrar de eventos recentes, eventos no passado ou ambos.

Você pode esquecer um único evento do passado/presente ou muitos deles. Ter dificuldade em aprender coisas novas, falta de concentração, ou fazer novas memórias também é um sintoma bem recorrente.

Uma das causas mais comuns para a perda de memória recente é manter em uma dieta deficiente e pobre. Por isso, é justamente comendo que você consegue obter alguns nutrientes poderosos para deixar a mente turbinada e potente, livre de amnésia e deterioração da memória.

Então, separamos uma lista com os melhores alimentos para memória. Confira!

Abacate

O abacate é uma fonte de gorduras boas, ele é rico em vitamina E, magnésio, folato e glutationa, que são nutrientes essenciais para os neurotransmissores. Então, o magnésio facilita a transmissão do impulso nervoso no cérebro.

Brócolis ajuda a melhorar a memória

Esse legume é uma excelente fonte de vitamina K, conhecida por fortalecer nossa capacidade cognitiva, melhorando nossa habilidade de raciocínio e aprendizagem. Tem papel importante na manutenção da função cerebral e em manter a memória afiada.

memória

Ovo

Contém vitamina B12, que ajuda na formação dos componentes das células do cérebro fazendo com que funcionem corretamente. Além disso, a gema do ovo tem acetil-colina, que é importante para as funções de memorização do cérebro.

Quinoa é um excelente aliado da memória

A quinoa é cultivada em países andinos e é considerado um superalimento porque tem na composição nutrientes como proteína, ferro, cálcio, vitaminas do complexo B e o ácido graxo ômega 3, que compõe a membrana externa das células cerebrais.

Além de ser ótimo para a memória, a quinoa também fortalece os cabelos, as unhas, a pele e atua no controle da saciedade da fome.

Mirtilo (blueberry)

O estresse oxidativo pode acelerar o processo de envelhecimento do cérebro, com efeitos negativos sobre a função cerebral.

De acordo com estudos em animais, os antioxidantes presentes nos mirtilos tendem a se acumular em áreas do cérebro que são essenciais para a memória. Eles parecem interagir diretamente com neurônios em envelhecimento, levando a melhorias na sinalização celular.

memória

Linhaça vai ajudar você a ter uma melhor memória

Dourada ou marrom, a linhaça costuma ser apontada como forte aliada do emagrecimento, pelo seu poder de saciar quem a consome. Mas, por ser rica em ômega 3, ela também é muito boa para aqueles que desejam dar um “up” na memória.

Para extrair o nutriente de sua estrutura, é importante comê-la na forma triturada ou germinada (depois de ficar de molho na água). A conservação do alimento deve ser em vidros escuros e local fresco, para manter por mais tempo suas propriedades.

Café

Possui duas substâncias importantes: cafeína e antioxidantes. Essas substâncias deixam o cérebro em estado de alerta, o que melhora bastante a concentração e o processo de aprendizagem. Para melhorar sua capacidade de foco, basta consumir uma xícara grande de café pela manhã.

Semente de abóbora

As sementinhas são ricas em ômega 3 e ômega 6 – só este fato já faz delas importantes para o cérebro. As sementes de abóbora têm bastante ácido alfa-linolênico (ALA), que é um ômega 3 essencial de cadeia curta, de origem vegetal, e que nossos corpos não produzem. O ALA pode ser convertido em outros tipos de ômega 3 (EPA e DHA) graças a enzimas presentes no organismo humano.

As sementes de abóbora são perfeitas para quem é vegetariano e não come peixe. Outros alimentos com ômega 3 são semente de linhaça, semente de chia, nozes e outras oleaginosas.

Morango é um ótimo amigo da boa memória

Não é apenas o ômega 3 que ajuda na memória. A fisetina, encontrada no morango, por exemplo, é outro nutriente que desempenha um papel importante nas lembranças.

Além disso, segundo pesquisas recentes, essa substância induz a diferenciação das células nervosas, o que tem influência direta para uma boa função cognitiva e na redução do esquecimento.

memória

Peixes gordurosos

Sardinha, salmão, truta ou atum são ricos em gorduras essenciais que o organismo não consegue produzir sozinho, como o ômega 3, que ajuda na integridade do neurônio e facilita a passagem de informação. Também são fontes de vitaminas B6, B12 e B3.

Granola dá energia e melhora a memória

É uma ótima escolha para a primeira refeição do dia de quem terá uma manhã que exige foco e alta capacidade de aprendizagem.

Isso acontece porque o cereal é rico em carboidratos de baixo índice glicêmico, que fornecem energia para o cérebro funcionar bem, e em selênio, um importante mineral que atua na capacidade de raciocínio.

Uva

As uvas são frutas bastante benéficas, pois, além de terem fisetina, como o tomate, as vermelhas e roxas são ricas em flavonoides.

Então, ambas as substâncias são importantes porque protegem o sistema nervoso, influenciam na regulação da morte de neurônios e na regeneração dessas células.

Os flavonoides, também presentes no suco de uva, vinho tinto, cacau e amoras, ainda são muito úteis para quem busca lutar contra inflamações, hemorragias, alergias e prevenir o câncer.

Se você gostou desse conteúdo, e gostaria de aprender mais sobre como cuidar do próprio bem-estar, então clica no link aqui em baixo para aprender mais!